terça-feira, 1 de maio de 2012

Sermão em mp3: Atitudes do Verdadeiro Cristão com Relação ao Evangelho - Rm 1.14-16



Sermão em mp3: Atitudes do Verdadeiro Cristão com Relação ao Evangelho - Rm 1.14-16.
Esta mensagem eu preguei na Igreja Presbiteriana em São José do Calçado-ES.


Romanos 1.14-16

     Atitudes do Verdadeiro Cristão com Relação ao Evangelho:

Ilustração: Um nome Salva Vidas:
  em 5 de dezembro de 1664 o navio inglês “Menai” afundou numa tempestade, dos 81 passageiros um só se salvou: Ugo Williams (no original Hugh Williams).
  Na mesma data em dezembro de 1875, um navio foi de encontro às rochas de uma ilha no mar da Irlanda, havia 60 pessoas à bordo e entre elas um homem de nome Ugo Willians e sua família. somente o Ugo Williams sobreviveu.
  Em 5 de agosto de 1820 um navio de passeio se chocou com uma barca carvoeira no Rio Tâmisa na Inglaterra e afundou, eram 25 passageiros, o pequeno Ugo Williams de 5 anos foi o único sobrevivente.
  19 de agosto de 1889, um barco carvoeiro afundou com 9 passageiros, tio e sobrinho ambos de nome Ugo Williams foram os únicos que escaparam com vida.
  MORAL: Vc deve estar pensando que Ugo Williams é um nome salva-vidas; mas há um problema: este nome só pode salvar quem o possui. Mas nós conhecemos um nome que está acima de todo nome e é o único nome que de fato pode salvar os outros: Jesus Cristo. este é o verdadeiro nome salva-vidas e ele pode salvar vc.


I - Reconhece a sua dívida para com o mundo
"Sou devedor..."

   A primeira frase apresenta a atitude de Paulo para com os habitantes do mundo do ponto de vista de sua responsabilidade para com eles.


1 – A gregos (sábios)

2 – A bárbaros (ignorantes)

minha cultura, minha língua, meu povo.
Minha família, meus amigos.
outras culturas,  povos, línguas,  nações inimigas.
Gregos e bárbaros incluem o mundo inteiro.

  Paulo era devedor ao mundo.
     Tinha uma incumbência: (v. 16) pregar o Evangelho.
Não apenas Paulo, mas todos nós somos devedores a todos.  
Nossa missão é evangelizar o mundo.
    Jesus disse: “Sereis minhas testemunhas”, “Fazei discípulos”


  II - Está pronto a pagar o que deve
"Estou pronto..."

A segunda frase apresenta a atitude de Paulo para com a sua responsabilidade. Ele não quer fugir ao pagamento de sua dívida como um caloteiro. Ele está pronto a pagar o que deve.
  De um lado de sua prontidão estão os seus recursos e do outro lado as suas oportunidades.
  
1 - pronto com os recursos
“quanto há em mim”

  A capacidade de quitar uma dívida depende do nosso capital
  O capital de Paulo: “quanto está em mim” – mais que um dizimista.
      Aquele que pensa que irá pagar a sua dívida com ofertas esporádicas ainda não sentiu o peso da sua responsabilidade.

  Quais os nossos recursos?
Dinheiro (gastamos mais com coca-cola do que com missões)
Orações (gastamos mais tempo com futebol, novela, facebook etc. do que intercedendo)
Vida/tempo (você foi chamado para ser um missionário – onde?)
  Muitas vezes dizemos: “Senhor, estou quase pronto, deixa-me ir primeiro...”
   Mas Paulo disse: "estou pronto"

2 - Pronto a aproveitar as oportunidades
 “pronto a anunciar o Evangelho”

  Paulo já tinha trabalhado incansavelmente... mas agora queria ir a Roma e Espanha pregar e orava para que Deus abrisse portas.
quais são as portas que Deus tem aberto para nós (para investir dinheiro, orações e vida/tempo)?
  Por que aproveita-las?
Por que cada oportunidade perdida pode significar o inferno...
Por que cada oportunidade perdida é um ato de desobediência.

Ilustração: Moravios: séc. 18 na Alemanha, movimento de oração continua (24 horas) – Avivamento durou 100 anos.
Mais de 2150 membros de sua igreja foram enviados como missionários: pessoas simples e comuns: coveiro, lavrador, sapateiro, oleiro.
  Dois jovens com cerca de 20 anos ouviram sobre uma ilha no Leste da India onde 3000 africanos trabalhavam como escravo e cujo dono era um Britânico agricultor e ateu... Eles foram àquele homem pedir autorização para irem pregar aos negros em sua ilha, ele negou, então eles se venderam a ele como escravos para poderem evangelizar aqueles 3 mil homens.
   No dia em que eles embarcavam no porto seus amigos e familiares lhes perguntaram Pq vcs estão fazendo isso? e a resposta foi:
"para que o Cordeiro que foi imolado receba a recompensa por seu sacrifício através das nossas vidas".
  Hoje os pastores fazem discoteca na Ig para atrair os jovens... Perdemos o senso de dívida e urgência em pregar...

  A terceira frase apresenta a atitude de Paulo para com as opiniões dos homens.
  O Ev era loucura. O crente era ridicularizado e sofria oposição.
III - É valente pela causa do Evangelho
 “pois não me envergonho do Evangelho”

1 - Por causa daquilo que o Evangelho é
“Boas Novas”
     Os homens não se envergonham de trazerem boas notícias.
Ilustração: ALEXAMENOS CEBETE THEON (Alexamenos adora a Deus)
Grafito do 2º séc. descoberto no monte Palatino em Roma onde foi uma escola para pajens imperiais. 

 ainda que os outros zombem, não devemos nos envergonhar do Evangelho.

2 - Por causa daquilo que o Evangelho faz
“poder de Deus para a salvação”.  
         
     Os homens não se envergonham de nada que demonstre poder.
  Ilustração: Quando Fulton lançou no rio Hudson, em 1807, o primeiro barco a vapor os expectadores o ridicularizaram, chamando-lhe “A Tolice de Fulton”, mas quando o barco partiu da margem e subiu a correnteza, o povo o aclamou.
  Se o barco tivesse sido levado, Fulton poderia ter se envergonhado; mas nenhum homem se envergonha de ter poder.

  Ilustração: Robert Oppenheimer - um dos cientistas que desenvolveram a Bomba atômica, por ocasião do teste da mesma no Deserto do novo México em 1945, quando viu o sucesso da bomba pensou: “Agora eu me tornei a morte, o destruidor de mundos”
  Pouco depois duas destas bombas matariam 200 mil pessoas em Hiroshima e Nagasaki.
   Ele se envergonhou pq inventou algo poderoso, mas de um poder para a morte.
Nós não devemos nos envergonhar do Evangelho pq ele é o poder de Deus para a salvação, para a vida.

  Portanto, por que se envergonhar do poder de Deus para a salvação?
  Este Ev. Transformou Paulo, Agostinho e tantos outros.

Hj muitos se envergonham do evangelho.
  Outros envergonham o Evangelho.

  Essas tem sido nossas atitudes até agora; a questão é qual será a nossa atitude a partir de agora?






TAGS:
Sermão, sermão em mp3, sermão em áudio, pregação, Sermão Expositivo, Romanos 1,

2 comentários:

  1. JOÃO FABIANO TERRA3 de maio de 2012 20:16

    PRECISO DE ATITUDES EM MINHAS PRETENSÕES, PRINCIPALMENTE A PALAVRA DE DEUS. OBRIGADO

    ResponderExcluir

Comemente à voltade, deixe críticas e sugestões. Só não publico comentários anônimos. se deixar seu comentário, deixe seu nome.