quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Tiago 1.1-4: Lições que todo cristão precisa aprender sobre as provações

Referencia: Tiago 1.1-4
"1 Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos dispersas entre as nações: Saudações.

2 Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, 3 pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. 4 E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma."

INTRODUÇÃO
Por que Tiago escreveu esta carta? Para resolver alguns problemas que seus destinatários estavam enfrentando, sendo o primeiro deles o de como lidar com as provações. 

Neste sentido, Tiago começa ensinando algumas importantes lições que todo cristão deve saber sobre as provações:

I. PRECISAMOS APRENDER QUE AS PROVAÇÕES SÃO COMPATÍVEIS COM A VIDA CRISTÃ (v. 1 e 2)
 As doze tribos referem-se aqui aos judeus cristãos (2:1; 5:7-8) que possivelmente se converteram no Pentecoste e foram dispersos depois do martírio de Estêvão (At 8:1; 11:19).
 O Rev. Hernandes pontua a respeito deles que eles são crentes, mas são perseguidos; são crentes, mas foram dispersos; são crentes, mas tiveram seus bens saqueados; são crentes mas são pobres e muitos deles estão sendo oprimidos pelos ricos (Tg 5:1-6); são crentes, mas ficam enfermos (Tg 5:14); são crentes, mas sofrem (Tg 5:13).
A Vida cristã não é uma redoma de vidro, uma estufa espiritual, é um campo de batalha. Não somos poupados dos problemas, mas nos problemas.
Jesus advertiu: “No mundo tereis aflições” (Jo 16:33). O apóstolo Paulo disse: “…através de muitas tribulações nos importa entrar no Reino de Deus” (At 14:22). “Todo aquele que quiser viver piedosamente será perseguido” (2 Tm 3:12). “6 Nisso exultais, embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações, 7 para que, uma vez confirmado o valor da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo;” (1Pe 1.6-7)

 Hoje, fazemos as mesmas perguntas: Por que um crente fiel fica desempregado? Por que um crente fiel sofre com câncer? Por que um crente fiel passa por provações amargas?
Não temos todas as respostas, mas a Bíblia diz claramente que ser cristão não significa estar isento de provas e tribulações

II. PRECISAMOS APRENDER QUE AS PROVAÇÕES SÃO PASSAGEIRAS – v. 2
quando Tiago usa o termo “Passar”, para se referir às nossas provas, ele está deixando claro que elas são passageiras.

o apóstolo Paulo diz que a nossa tribulação neste mundo, por maior, mais severa e prolongada que seja é apenas uma leve e momentânea tribulação, quando comparada com o gozo da eternidade.

O apóstolo Pedro segue na mesma linha quando diz que: "no presente por breve tempo (...) sejais contristados por várias provações,"

as provas são passageiras mesmo nesta vida, pois elas não duram a vida toda. Deus, misericordiosamente, intercala os momentos de provações com momentos de alegria.

as provas são passageiras pois se limitam apenas a esta vida; na eternidade, como João deixa claro no Apocalipse, Deus nos enxugará dos olhos toda lágrima e já não haverá luto, nem pranto, nem dor; porque as primeiras coisas (as lutas, provas, enfermidades, dores, tribulações diversas, enfim, tudo que nos faz sofrer neste mundo) são passadas.

saber que as provações são passageiras nos dá o consolo, fé e força para as enfrentar e passarmos por elas. suas dores terão um fim; creia nisto!!!

III. PRECISAMOS APRENDER QUE AS PROVAÇÕES TEM UM PROPÓSITO – v. 3-4
a) Nas provações nossa fé é testada – v. 3 – veja o exemplo de Abraão no caso em que Deus mandou que ele sacrificasse seu filho Isaque.

b) As provações trabalham por nós e não contra nós, visto que produzem perseverança – Tudo tem um propósito. “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus…”, diz o Apóstolo Paulo. A nossa leve momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, afirma o mesmo apóstolo.

c) As provações visam nos levar à maturidade – Romanos 5:3-5 diz que a provação visa produzir em nós: perseverança, experiência e esperança. tudo isto tem o propósito de nos levar à maturidade.
Maturidade não se alcança apenas lendo um livro, é preciso passar pelas provas!

d) As provações visam a glória de Deus – Temos alguns exemplos disso na Bíblia: o cego de nascença. Jesus disse que ele nasceu cego para que nele se manifestasse a glória de Deus. De Lázaro Jesus disse: “Esta enfermidade não é para a morte, mas para a glória de Deus.” Jó disse: “Eu te conhecia só de ouvir falar, mas agora os meus olhos te vêem.”

Rev. Maurício de Almeida Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comemente à voltade, deixe críticas e sugestões. Só não publico comentários anônimos. se deixar seu comentário, deixe seu nome.